Páginas

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Amuletos de Cada Signo.



Áries – Pimenta e sol



Pimenta: A pimenta está sempre presente na vida, simbolizando tudo o que dá um pouco mais de sabor, e é excitante, provocante e, sobretudo, quente. Se uma pessoa te deseja mal, a pimenta afastaria suas más intenções com a mesma voracidade com que ataca seu paladar. A planta teria o papel de absorver essa energia negativa. É considerada pela tradição mística um dos melhores a
amuletos para combater a inveja e o mau-olhado, bem como para ”dissolver” energias de baixa frequência. Acredita-se ainda que a pimenta ajude a atrair mudanças positivas no trabalho, facilite a adaptação a novos ambientes, os inícios de negócios e favoreça as questões financeiras.


Sol: É um dos símbolos universais de prosperidade, sorte e proteção. Em muitas culturas, o sol simbolizava a vida, as divindades e o ouro. Ter um sol sempre à vista representa ter luz, energia e vida no ambiente






Touro – Trevo de quatro folhas e Buda



Trevo de quatro folhas: É comum encontrarmos trevos de três folhas, já o de quatro folhas são difíceis de serem encontrados e talvez seja por isso que se atribui sorte para quem encontra e carrega um trevo de quatro folhas. É o símbolo de boa sorte e longevidade, é também o talismã mais recomendado para sorte nos jogos. No Antigo Egito, o trevo de quatro folha
 as era considerado símbolo de Ísis, a Grande Deusa, e utilizado nos rituais de iniciação, de amor e de sorte. Para os Celtas, o trevo de quatro folhas estava associado à Deusa da medicina, Airmid e, por isso, era usado como um catalisador de cura e saúde.


Buda: É símbolo de luz e esclarecimento espiritual. Diz-se que os iluminados por Buda, despertaram plenamente para a verdadeira natureza. Conhecido também como "o talismã da felicidade", atrai sorte e dinheiro.



Gêmeos – Símbolo Yin-Yang e sino



Yin Yang: É um princípio da filosofia chinesa, onde yin e yang são duas energias opostas. Yin significa escuridão, e é representado pelo lado pintado de preto, e yang é a claridade. A luz, que é uma energia luminosa, apresenta-se de maneira muito intensa, é o yang, e a luz muito fraca, é o yin. Segundo os chineses, o mundo é composto por forças opostas, e achar 
 o equilibro entre elas é essencial.




Sino: Símbolo do chamamento, por ser um sinal emitido sonoramente, o sino tem a capacidade de ser usado como meio de comunicação. Esotericamente o sino pode ser usada como uma nota mântrica de ligação com o divino. Principio meditativo. Também ajuda a fortalecer o espírito de união entre os amigos e colegas.




Câncer – Elefante e lua




Elefante: Símbolo da força não agressiva e da sabedoria. Longevidade também é um de seus atributos. Atrai riqueza e prosperidade. Com a tromba para cima é um eficaz amuleto para atrair a sorte e ao mesmo tempo afastando as energias negativas.

Lua: É muito poderosa. Basta pensar que ela é o satélite natural da Terra. Representa a fertilidade, a sensualidade e traz sorte no amor. Fortalece a união dos parentes, traz alegria e combate as vibrações negativas nos ambientes.





Leão – Olho grego (ou turco) e figa

Olho Grego (Olho Místico): Protege contra “olho-gordo” e inveja. É um amuleto azul muito comum, é possível encontrá-lo em brincos, pulseiras, colares, chaveiros ou pendurados em finas correntes para proteger o lar, o carro ou o ambiente de trabalho. Na Grécia as pessoas acreditam que uma pedra azul neutraliza a inveja e o mal olhado: as energias negativas são tr
ansformadas em energias positivas e devolvidas a quem tenha desejado o mal. Na Turquia, as mães colocam o amuleto na roupa dos filhos. Se for encontrado rachado, significa que funcionou e protegeu a criança. O Olho simboliza o olhar de Deus que nos ilumina, protege, combate a negatividade e transmite a paz. Quando existe algum “mau-olhado”, o olho absorve a energia e em alguns casos quebra-se, protegendo a pessoa da negatividade.




Figa: Amuleto de felicidade, atraindo a sorte e afastando o mau-olhado e desgraças para quem o possuir. Só será valiosa, se for encontrada casualmente, na rua, não tendo forças propiciatórias, quando comprada ou furtada. Pregam no alto das portas, pelo lado de dentro, em cima dos balcões ou na soleira. É também muito utilizado para proteger em tudo o que tenha a ver com o jogo.


Virgem – Pomba e estrela de Davi 



Pomba: Talismã que simboliza a paz, a delicadeza, a moderação. Esse pássaro já foi muito utilizado em diversas representações, nas mais variadas culturas. Foram pássaros sagrados de Afrodite (deusa do Amor), foi empregado no envio de mensagens por sua característica em reencontrar o local do ninho; no Cristianismo sua presença marca o fim do dilúvio além de repre
sentar o Espírito Santo; foi considerado pássaro da alma na Índia, e na China símbolo da fidelidade conjugal. Temos aí diversas faces desse animal/símbolo para ser usada da forma que melhor atender às necessidades de cada um.


Estrela de Davi: É um antigo e poderoso símbolo mágico. Este símbolo consiste em um hexagrama de dois triângulos entrelaçados (um voltado para cima e outro para baixo). O selo de Salomão simboliza a alma humana, sendo utilizados por bruxos e magos cerimoniais para encantamentos, conjuração de espíritos, sabedoria, purificação e reforço dos poderes psíquicos.





Libra – Coração e pirâmide 



Coração: Ele é tido como símbolo da vida e da vontade. Usar um talismã de coração não vai lhe faltar vitalidade e energia. Para os egípcios, este símbolo é um emblema da espiritualidade.

Pirâmide: Confere tenacidade às pessoas para atingirem seus objetivos. Não deixa desanimar nos novos planos, atrai bons fruídos e rejuvenesce. Quando usada como pingente no peito, ajuda na recuperação da saúde distribuindo energia pelo corpo.


Escorpião – Olho de Hórus e mandala

Olho de Hórus: Talismã que virado para a esquerda ou para a direita, o Udjat é uma forma de proteção e boa saúde. Por causa de sua associação com Rá (o alto Deus do Egito) o Olho de Hórus era considerado um potente amuleto que trazia força, vigor e sensatez ao portador.

Mandala: Em sânscrito seu significado é círculo. São desenhos utilizados a princípio para e
stimular a meditação e concentração. O centro da mandala representa a divindade, a consciência superior. Ao redor do centro estão diversas formas que representam a personalidade humana. Pode-se dizer que é uma linguagem universal da alma. Acredita-se que a observação prolongada da Mandala estimule a alma na busca de novos horizontes. O uso de uma Mandala transmite a quem a observa uma energia, uma vibração, um estado de espírito. Dessa forma você estará sinalizando para outras pessoas como sua alma se sente, o que ela almeja. Isso pode propiciar o encontro de duas almas que tenham o mesmo objetivo.
 





Capricórnio – Chave e moeda chinesa

Chave: Amuleto que tem o poder de abrir ou fechar. Pode abrir caminhos, facilitando conquistas. Diz-se que “fecha o corpo” contra os maus espíritos. Uma chave pode simbolizar um coração fechado esperando quem o abra para o amor. Pode ser também a marca de um grande segredo guardado.

Moeda Chinesa: na China do século VII a.c. moedas de cobre eram gravadas com ideogramas, dois ou quatro em cada peça. Os ideogramas sozinhos já são fortes escudos contra o mal, aliados ao metal tornam-se ainda mais fortes. Acredita-se que possam afastar energias negativas e proteger contra epidemias, prolongando assim a vida.


Sagitário – Ferradura e coruja


Ferradura: Normalmente é colocada atrás da porta da casa com as pontas para cima para proteger seus moradores, trazer boa sorte e afastar os maus espíritos. Em versão miniatura, pode ser levada na bolsa ou aplicada em brincos e pulseiras. Na antiguidade, o ferro, sua principal matéria-prima, era temido pelos espíritos negativos. Outra crença é de que seu formato de 
 meia-lua é um forte elemento do esoterismo. É um dos talismãs mais antigos e também dos mais populares por ter a característica de ser portadora de sorte e positividade.



Coruja: A coruja trás como significado "o ver a totalidade", ou seja, ela, através da sabedoria, nos dá a possibilidade do ver as coisas na sua totalidade, o consciente e o inconsciente. Esse animal tem a capacidade de ver na escuridão, o que significa também ampliação dos limites da percepção. A coruja conecta com todas as partes do ser, e permite vencer o temor e aprender a qualidade da consciência do existir e do fluir em todos os níveis. Na essência, a coruja vê o que os outros não veem, e pode ter mais percepções a respeito de outras pessoas do que de si mesma.



Aquário – Hamsá e OM

Hamsá: Símbolo utilizado tanto por muçulmanos quanto por judeus (principalmente os de origem árabe, chamados sefaradim). Trata-se de uma mão estilizada, utilizada como amuleto para proteção. Hamsa quer dizer cinco em árabe, uma referência aos cinco dedos das mãos e os cinco níveis da alma. Pode ser encontrada em dois formatos: uma mão estilizada com um “dedão” de cada lado o
 u seguindo o formato de uma mão normal. Muitas vezes a hamsá traz um olho em seu centro, indicando proteção contra mau olhado. Também é conhecida pelos nomes hamsá, mão de Deus, mão de Fátima, olho de Fátima, mão de Míriam ou mão de Hamesh. Esse símbolo representa também Fé, Oração, Jejum, Caridade, Peregrinação, os cinco pilares do Islã. É a representação da Justiça e Generosidade.

OM: O som criador primordial, o som sagrado dos hindus, considerado o som da potência divina. Este som pode ser decomposto em três sonoridades: A-U-M, representando a tradição védica da trindade (consciência, onipresença e onipotência). OM é uma ajuda a evolução espiritual. Também simboliza os três gêneros (masculino, feminino e neutro), as três dimensões (comprimento, largura e profundidade) e os três estados de atenção (vigília, sono e sonho). O mantra "OM", escrito em sânscrito, pode ser colocado na porta de entrada, para proteger os Ambientes. Inscrito com pó de urucum, flores, folhas ou grãos de arroz, deve estar situado no local que mostra os produtos e a venda deles, como gôndolas, estantes e balcões, para auxiliar na venda.






Peixes – Ankh ou Cruz Ansata dos Egípcios e borboleta.

Ankh: Antigo talismã símbolo egípcio que nos lembra uma cruz encimado por um laço. O Ankh simboliza a vida, o conhecimento cósmico, o intercurso sexual e o renascimento. O Ankh também é conhecido por vários bruxos como "Cruz Ansata". Hoje em dia o Ankh é usado por vários bruxos contemporâneos para encantamentos e rituais que envolvem saúde, f
 ertilidade e divinação.


Borboleta – Talismã que traz harmonia conjugal, trazendo felicidade amorosa e também para quem deseja cuidar do corpo e da alma. Traz bom relacionamento doméstico e significa transformação, crescimento pessoal, imortalidade, renascimento, a alma, o riso, prazer e a harmonia do lar de forma geral.





Nenhum comentário:

Postar um comentário